Buscando a verdadeira paz

  • 18/12/2019
  • 0 Comentário(s)

Buscando a verdadeira paz

“Se tão somente você tivesse prestado atenção às minhas ordens, sua paz seria como um rio, sua retidão, como as ondas do mar.” (Isaías 48.18)


Uma pessoa pode ser abençoada com a paz de Deus se ela transgride consciente e objetivamente os mandamentos de Deus, sem arrependimento e conversão? A Palavra de Deus diz: não! Um povo pode ser abençoado por Deus com a paz se ele vive em idolatria e rejeita o Deus verdadeiro? A Palavra de Deus diz: não! A humanidade pode ser abençoada por Deus com a paz se ela viola o primeiro e fundamental mandamento de Deus (Êxodo 20.3: “Não terás outros deuses além de mim”)? A Palavra de Deus diz: não! E um sistema religioso ou uma igreja podem clamar pela paz de Deus se, simultaneamente, derem espaço para outros deuses e os colocarem com direitos iguais ao lado do Deus da Bíblia? Novamente, a Palavra de Deus diz: de modo algum!
No entanto, é exatamente isso o que acontece atualmente! Cada vez mais pessoas declaram sua independência do Deus vivo e verdadeiro, passando a honrar ídolos das mais variadas espécies e se admirando que ainda não há paz. Ah, como Satanás consegue cegar seus sentidos! Será que não percebem que, sem obediência a Deus e aos seus mandamentos, sem a conversão e sem a aceitação de seu sacrifício redentor não se alcança paz interior nem paz externa duradoura?

O Deus vivo e verdadeiro espera por nossa oração. Ele espera que seus verdadeiros discípulos e discípulas honrem-no e clamem a ele pela sua paz – uma paz que o mundo não pode dar.

Lothar Gassmann

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


No ar Agora

AutoDJ

Playlist

Anunciantes