Confiando no escape de Deus

  • 04/06/2019
  • 0 Comentário(s)

Confiando no escape de Deus

“E Deus é fiel; ele não permitirá que vocês sejam tentados além do que podem suportar. Mas, quando forem tentados, ele mesmo providenciará um escape, para que o possam suportar.” (1Coríntios 10.13)

Deus pode intervir. Ele pode ajudar e curar, inclusive ainda hoje. O que acontece, porém, se Deus não livra da dor e da doença? Existe ainda alguma outra maneira para superar o sofrimento? Sim!

Primeiramente é necessário não permitir que o sofrimento nos afaste de Deus, mas devemos dizer: “Mais perto de ti, meu Deus!”. Algumas pessoas, no entanto, fazem o contrário; elas dizem: “Não posso crer num Deus que permite que tal coisa me aconteça, não, isso não consigo aceitar”, e se afastam ainda mais de Deus ou o negam definitivamente.

Um certo homem chamado Jó, no entanto, pode nos ensinar a nos mantermos firmes a Deus mesmo diante de todos os tormentos. Confiar plenamente em Deus e aguardar a ajuda unicamente dele – isso já significa a nossa salvação. Lembramo-nos da especial capacitação que Moisés e Paulo receberam por meio do quebrantamento. Em Hebreus 12.6 lemos: “Pois o Senhor disciplina a quem ama...”. E em 1Coríntios 10.13 lemos as palavras consoladoras mencionadas acima.

O segredo espiritual para aqueles que vivem com fé é: Deus permite sofrimentos para nós, mas também nos concede forças para suportá-los. “Bendito seja o Senhor, Deus, nosso Salvador, que cada dia suporta as nossas cargas” (Salmo 68.19). Esse reconhecimento se baseia na promessa bíblica de que Deus não submete ninguém a algo que não possa suportar. Isso nós podemos reivindicar. Nisso podemos confiar, mesmo quando chegamos ao final de nossas próprias forças e possibilidades.

Lothar Gassmann

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AutoDj

Playlist

Peça Sua Música

No momento estamos offline!


Anunciantes